top of page

Governo americano testa tecnologia de reconhecimento facial em 16 aeroportos do país


A Transportation Security Administration (TSA) informou que está testando o uso da tecnologia de reconhecimento facial em 16 aeroportos selecionados em todo o país para aumentar a segurança e acelerar os procedimentos de entrada nos EUA. O programa piloto está atualmente em vigor nos aeroportos de Baltimore, Washington D.C., Atlanta, Boston, Dallas, Denver, Detroit, Las Vegas, Los Angeles, Miami, Orlando, Phoenix, Salt Lake City, San Jose, e Gulfport-Biloxi e Jackson. Com 2,4 milhões de passageiros aéreos diariamente, a agência federal diz que o objetivo do programa é melhorar a precisão da verificação de identidade. “O que estamos tentando fazer com isso é ajudar os policiais a realmente determinar que você é quem diz ser”, disse Jason Lim, gerente de recursos de gerenciamento de identidade, à Associated Press.


A TSA afirma que o programa piloto é voluntário e preciso, mas os críticos levantaram preocupações sobre questões de preconceito na tecnologia de reconhecimento facial e possíveis repercussões para os passageiros que desejam optar por não participar.

Em uma carta de fevereiro à TSA, cinco senadores — quatro democratas e um independente — exigiram que a agência interrompesse o programa, dizendo: “O aumento da vigilância biométrica dos americanos pelo governo representa um risco às liberdades civis e aos direitos de privacidade .”


Lim disse que a agência leva as questões de privacidade e direitos civis “muito a sério” e que as imagens não são compiladas em um banco de dados e confirmou que fotos e identidades são excluídas após 24 meses.

bottom of page