top of page

Reajuste nos valores dos vistos americanos em consulados brasileiros é adiado para junho


A data para o reajuste de valores de vistos americanos em consulados do Brasil foi adiada para o dia 17 de junho. A Embaixada dos EUA havia anunciado a mudança na tabela para terça-feira (30), mas decidiu adiar a data.


Para o visto de turismo e negócios (B1/B2), por exemplo, o valor sobe de $160 para $185 dólares. O visto de estudante e para intercambista passa de $160 para $185; solicitações de vistos de trabalho pelas categorias H, L, O, P, Q e R passam de $190 para $205 os vistos de investidor (categoria E), de $205 para $315.


Segundo o Departamento de Estado americano, o reajuste foi necessário para se adequar aos novos custos. O órgão ressaltou que um estudo foi feito para se chegar ao valor atual e que os valores não eram reajustados desde 2012.


De acordo com o site da embaixada, a espera para a primeira emissão do visto de turista atualmente é de 610 dias em São Paulo. Nos consulados americanos em outras cidades, a espera é ligeiramente menor: 493 dias em Brasília, 463 dias no Rio de Janeiro e 449 dias em Recife. Quem precisa apenas renovar um documento já concedido pega uma fila menor, de cerca de 80 dias em São Paulo.


Apesar do tempo de espera, a entidade diz que esses números são dinâmicos e que muitos turistas conseguem adiantar a data das entrevistas, sem custo adicional, devido a cancelamentos de outros solicitantes e a abertura de novos horários de atendimento.


(Com informações da Folha de S.Paulo)

bottom of page